Augusto Gomes

1910-1976

 

Pintor português, Augusto Gomes nasceu em 1910, em Matosinhos, e morreu em 1976, na mesma cidade. Formou-se em pintura na Escola de Belas-Artes do Porto com a classificação final de vinte valores. Foi professor em algumas escolas industriais e na Escola de Belas-Artes do Porto.

A fase inicial da sua obra, nos anos 30, foi profundamente marcada pela tendência naturalista vigente, enformada pela estética pós-impressionista de Paul Cézanne e de Van Gogh.A pintura de Augusto Gomes identifica-se com uma iconografia do quotidiano, na qual o recurso à simplificação das formas é prática corrente. O dia a dia do povo, particularmente das mulheres da sua terra natal, é encenado dramaticamente em pinturas onde predominam cores surdas e texturas rudes. A partir dos anos 50, desenvolve uma aproximação ao neorrealismo, uma tendência artística que conhecia então grande aceitação.

Para além de cultivar o género do retrato, Augusto Gomes dedicou-se a outros géneros de pintura, como o mural, de que se destacam os painéis executados para a capela-mor da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, no Porto, para o Posto de Turismo de Matosinhos e para vários hotéis da região do Porto.Para além da pintura, executou vários cartões para tapeçarias e para mosaicos e, ainda, alguns estudos para figurinos e cenários de teatro para a Companhia de Teatro Experimental do Porto.

Recebeu o Prémio Nacional na Missão Estética de Férias em Bragança e o Prémio de Pintura do Salão dos Artistas da Metrópole de Luanda.

 

Augusto Gomes. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-10-22].
Disponível na www: <URL: http://www.infopedia.pt/$augusto-gomes>.
Vera Lúcia